X
Mande sua história
Receba nossas novidades
Fale Conosco

Cadastre-se e receba nossas postagens em seu email

Tem dúvidas, sugestões de pautas, ou quer falar conosco? Preencha o formulário que teremos enorme prazer em responde-la!

Pilkington por elas

Mulheres são 16x mais conscientes no trânsito do que homens

Mulheres são 16x mais conscientes no trânsito do que homens

De acordo com dados do portal Infosiga SP, mulheres no volante foram responsáveis por apenas 6,3% dos acidentes de trânsito entre o período de janeiro a agosto de 2020, o que significa que motoristas do sexo feminino, no estado de São Paulo, são 16 vezes mais conscientes do que homens quando estão no trânsito.

O Infosiga também confirma que as mulheres representam 40% do número total de condutores nas vias do estado, e quando o assunto são acidentes com vítimas fatais, mulheres estão envolvidas apenas em 15,5% dos casos, mas na maioria das vezes, não estão na condução do veículo, sendo passageiras ou pedestres.

Os números, definitivamente, traduzem que mulheres não dirigem mal, mas são mais cuidadosas e respeitam mais as regras de trânsito e a vida de quem divide a mesma pista. O preconceito cultural de que mulheres não sabem dirigir surge da contradição de que homens costumam ser mais agressivos e competitivos no trânsito, julgando a forma mais paciente e cautelosa de outros motoristas, que não coincidentemente, costumam ser mulheres.

E as estatísticas continuam: durante o primeiro trimestre de 2020, 91,5 mil carteiras de habilitação foram suspensas no estado de São Paulo, do total, 74% pertenciam a homens, contra 26% das motoristas.

Por fim, seguradoras de veículos também afirmam que o índice de sinistralidade das mulheres é bem menor quando comparado ao dos homens, assim como acidentes envolvendo colisão de veículos, que costumam ser menos severas com motoristas do sexo feminino.

Para um trânsito mais seguro, é preciso existir mais respeito. Homens precisam se concentrar mais e ter mais consciência,  enquanto mulheres precisam ter mais confiança. Uma boa condução independe de gênero, mas da responsabilidade em saber que um descuido pode custar a vida de alguém.

 

Dirija com consciência.

 

Tags:

  • Facebook
  • Twitter

Agora é com Elas - Todos os direitos reservados © Copyright 2020

prjeto integrado