X
Mande sua história
Receba nossas novidades
Fale Conosco

Cadastre-se e receba nossas postagens em seu email

Tem dúvidas, sugestões de pautas, ou quer falar conosco? Preencha o formulário que teremos enorme prazer em responde-la!

Pilkington para elas

O que levar em conta ao alugar um carro?

O que levar em conta ao alugar um carro?

 

Embora alugar um carro também possa ser uma necessidade na sua própria cidade, o mais comum é que esse procedimento seja feito em viagens, quando a motorista não vai dispor de seu próprio veículo. A verdade é que mesmo sendo um custo mais elevado do que utilizar as opções de transporte público da cidade – isso se houver –, alugar um carro permite uma maior liberdade de roteiro, flexibilidade de horário e, consequentemente, uma estadia bem mais proveitosa. Mas mesmo com todas essas vantagens, é preciso se planejar com antecedência e estar preparada para imprevistos ou gastos extras. Por isso, se você está pensando em alugar um carro pela primeira vez, ler as nossas dicas abaixo é essencial!

 

Prepare o bolso

Há diversas opções no mercado e fatores como modelo, valor do veículo, componentes internos e quilômetros rodados servem de base para o cálculo do preço final do aluguel, que tende a ficar numa média de R$100/dia para os modelos mais tradicionais. É preciso também ter disponível o valor da caução, uma garantia exigida pelas locadoras, feita exclusivamente em cartão de crédito, apenas comprometendo o limite total do cartão, sem efetivação do débito e estornado após devolução do carro sem avarias. É importante ressaltar que o cartão precisa estar no nome do titular e algumas locadoras exigem que tenha sido emitido diretamente por um banco – não pode ser cartões “de loja”, por exemplo.

 

Requisitos necessários

Para alugar um carro, é preciso ter 21 anos completos e no mínimo 2 anos de habilitação, que precisa obrigatoriamente estar dentro da validade, já que as locadoras não aceitam nem mesmo as carteiras que estejam dentro dos 30 dias de vencimento permitidos pelos órgãos de trânsito. Os documentos apresentados são comprovante de residência, CPF e RG originais – e o CPF precisa estar em situação regular para que o contrato de aluguel seja efetivado. Para as estrangeiras, é necessário apresentar o passaporte original e a habilitação emitida no país de origem.

 

Atente-se aos gastos adicionais

É possível escolher o tipo de seguro, produto e/ou serviços opcionais na contratação de aluguel, que precisam estar devidamente inclusos no contrato de aluguel – leia-o todo, pois pode conter acréscimos indevidos não falados diretamente a você. Atente-se também aos gastos extras que impactarão no orçamento, não ligados diretamente à locação, como pedágios, estacionamentos e combustível.

 

Planeje e economize

Tenha em mente – ou no seu celular, que é até mais prático – o roteiro previsto, mesmo que ele seja alterado, serve para se nortear e evitar erros que impactem muito no tempo do aluguel. Procure reservar antecipadamente o veículo pela internet, onde o valor costuma ser mais em conta que na loja física, além de que geralmente há cupons de desconto disponíveis. Mas dê preferência às locadoras que façam reserva reembolsável, para o caso de você precisar cancelar.  E, por último, mas não menos importante, se estiver no exterior, estude todas as placas de trânsito para evitar multas.


Tags:

  • Facebook
  • Twitter

Agora é com Elas - Todos os direitos reservados © Copyright 2020

prjeto integrado