X
Mande sua história
Receba nossas novidades
Fale Conosco

Cadastre-se e receba nossas postagens em seu email

Tem dúvidas, sugestões de pautas, ou quer falar conosco? Preencha o formulário que teremos enorme prazer em responde-la!

Pilkington para elas

Manual do carro: tudo o que você precisa essencialmente saber

Manual do carro: tudo o que você precisa essencialmente saber

Durante muito tempo, por motivos culturais, era muito comum dizer que mulheres não entendiam nada de carro. Hoje, graças ao avanço das mulheres nas mais diversas áreas de atuação, inclusive no setor automotivo, esse estigma está deixando de existir.
As mulheres não só são as maiores influenciadoras quando o assunto na família é a compra de um carro novo, como estão cada vez mais interessadas no universo automotivo.
Pensando em incentivar cada vez mais a autonomia das mulheres no que diz respeito ao que elas sabem sobre carros, preparamos um manual prático sobre o que você não pode deixar de saber sobre o seu veículo e sua manutenção preventiva:

Vidros: para prolongar a vida útil dos vidros do seu carro, mantenha-os sempre limpos, utilizando produtos que não contenham abrasivos, solventes, amoníaco ou cloro, de preferência o UAU Blindex, usado nas Lojas Pilkington. Evite direcionar o ar condicionado diretamente para os vidros, principalmente após um longo período de exposição ao sol. O choque térmico pode gerar trincas e rachaduras que tendem a aumentar com o tempo. No caso de encontrar rachaduras ou trincas no vidro do seu carro, procure uma loja Pilkington. Somos especializamos em reparos e reposição de vidros automotivos. 

Limpador de para-brisa: muitos não sabem, mas a vida útil da borracha de uma palheta é de apenas um ano. Depois disso, elas passam a deixar marcas no vidro e não afastam completamente sujeiras ou chuvas, o que pode ser um perigo. Portanto, examine sempre a qualidade da borracha, além do jato do esguicho de água e a pressão do braço do limpador.

Pneu: São importantes itens de segurança de seu carro e por isso devem receber atenção especial. Dirigir com pneus em mau estado é algo tão perigoso quanto dirigir embriagado. Verifique o estado geral de todos os pneus, prestando bastante atenção à profundidade dos sulcos. Quanto mais profundos, mais aderência – e consequentemente mais segurança – você terá.

Estepe: falando em pneu… lembre-se sempre de checar a calibragem e as condições gerais do seu estepe, principalmente antes de viajar. Um estepe de emergência deve rodar no máximo a 80km/h e por apenas 80 km.

Farol: Ao dirigir, tão importante quanto ver é ser visto. Verifique sempre os faróis (alto e baixo) e seu alinhamento.  Certifique-se de que o facho de luz atinja a altura referente às lanternas traseiras do veículo da frente. Se for direcionado para uma altura maior, a luz pode ofuscar motoristas que estiverem trafegando em sentido contrário.

Verifique também os piscas e as luzes de freio. Às vezes, não notamos lâmpadas de freio queimadas porque não costumamos prestar atenção nelas. Avisar ao carro que vem atrás que você está diminuindo a velocidade é essencial para evitar acidentes.

Elétrica: com o passar no tempo a bateria dos carros tende a deixar de reter carga e, consequentemente, as falhas começam a aparecer. O primeiro sinal de que está na hora de trocar a bateria é a demora no arranque. A vida útil de uma bateria varia em média de 2 a 3 anos, mas, havendo dúvida, consulte um profissional.

Óleo: A primeira troca de óleo deve ser feita depois do seu carro ter rodado 5 mil km. Para não ter dúvidas, cheque a quantidade de litros definida no manual do proprietário. Ao abastecer, é importante verificar as condições e quantidade de óleo no seu reservatório, já que, quando velho, o óleo forma uma borra que diminui a eficiência da lubrificação do motor.

Velas: quando as velas estão desgastadas elas consomem mais combustível e provocam falhas na ignição. O ideal é substituí-las a cada 40 mil km rodados.

Filtro de combustível: Recomenda-se trocar o filtro depois de 8 a 15 mil km de uso, já que a substituição evita a queima da bomba de combustível.

Filtro de cabine: é o filtro de saída de ar condicionado. O ideal é fazer manutenção preventiva uma vez por ano e trocá-lo a cada 10 mil km. Mas fique atenta! Se, mesmo antes dos 10 mil km, o carro começar a cheirar mal, está na hora de fazer a troca.

Filtro de ar: é ele que impede a entrada de partículas sólidas ou abrasivas na câmara de combustão do motor, por isso não adianta limpá-lo, é preciso trocar a peça por uma nova a cada 20 mil km de uso. Se perceber que o rendimento do motor está baixo ou que seu carro tem consumido gasolina além do normal, talvez esteja na hora de trocá-lo. Procure um profissional.

Freios: A cada 5 mil km ou uma vez por ano, é fundamental checar o estado dos freios do seu carro. Se notar um desgaste acentuado nas pastilhas, o melhor é trocá-las para não comprometer o disco de freio.

Também é fundamental levar seu carro para revisão, caso note que o reservatório do fluído está abaixo do nível mínimo indicado. Lembre-se que alavanca do freio de mão muito alta é sinal de freio desregulado. Fique atento a sons agudos no momento da frenagem, pois é um indicativo de que as pastilhas estão gastas.

Lembre-se que esses são itens que você precisa sempre checar de maneira preventiva. Em caso de avarias ou problemas com o seu veículo, não adie a ida até uma oficina especializada.


Tags:

  • Facebook
  • Twitter

Agora é com Elas - Todos os direitos reservados © Copyright 2020

prjeto integrado